O poder das palavras. Será?

Você já deve ter ouvido alguma vez na sua vida que palavra tem poder, que a boca fala do que o coração tem dentro dele, que o que você falar pode se concretizar… enfim, do poder das palavras. Mas se liga, a palavra tem realmente poder?

“Ah claro que tem, porque eu conheço fulano que disse que ia chover e choveu”. Eu não quero falar sobre pessoas que dizem que vão chover e realmente chove. Eu quero falar contigo num próximo nível, beleza?

O professor Masaru Emoto, um japonês já falecido, conduziu um experimento – que não tinha rigores científicos, beleza? – que foi feito por diversas outras pessoas a respeito da força da palavra. Ele pegou dois potes com água e arroz (os dois da mesma espécie/da mesma fonte) e escreveu “Obrigado” em um e “Idiota” no outro.

Por 30 dias, uma pessoa chegava perto dos dois potinhos e contemplava cada um. De todas as pessoas que fizeram o experimento, dos que eu consegui pesquisar, o recipiente que continha a palavra com sentimento positivo, estava com a água completamente branca, limpa. Já o arroz do outro pote com um xingamento tinha a água escura, com mofo e podre. Inclusive o cheiro dos dois potes era totalmente diferente.

Muito louco isso, né? O que o Masaru Emoto queria demonstrar, não só nesse, mas nos diversos experimentos que ele fez por muitos anos, era o seguinte… a forma como você fala, como você se refere à água energeticamente, modifica as condições daquele líquido ao ponto de apodrecer aquele pote com o xingamento e não apodrecer o com a palavra positiva.

“Geroooonimo e o que isso tem a ver comigo, com a minha vida, com ter sucesso ou falhar?”

Primeiro, nós somos formados de mais de 70% de água. Se as palavras interferiam tanto na água com arroz naqueles potes, imagina o que acontece dentro da gente. Segundo ponto que você tem que ter em mente: nós, seres humanos, precisamos ter congruência com aquilo que a gente fala.

Você já ouviu alguém dizer que o dia tá horrível porque roubaram o celular e o carro daquela pessoa, só que com uma expressão muito feliz? Ou alguém falando com o humor muito pra baixo que o dia tá maravilhoso? Não!!! Não existe isso!!!!

Verdadeiramente, a forma como a gente pronuncia as palavras e o que a gente diz tem poder sim!!! Tanto pelo experimento do Masaru Emoto quanto pela necessidade de congruência que o ser humano tem. Você vai achar vários estudos e experimentos científicos do professor Robert Cialdini, por exemplo, que mostra várias vezes por que o homem precisa ser congruente com aquilo que ele fala.

Então sim, o poder das palavras é real. Se você tem o hábito de dizer que tá “mais ou menos”, todo o seu sistema precisa se comportar “mais ou menos”. Quem tá assim não pode estar feliz e radiante. As pessoas que estão com esse comportamento “mais ou menos” repelem as pessoas radiantes e atraem quem está de acordo, congruente com as atitudes e comportamentos.

Isso faz com que você não tenha só congruência com você mesmo, e sim com as pessoas ao seu redor, começa a conviver com pessoas “mais ou menos”. Você talvez já tenha tido um grupo específico no seu Whatsapp (ou em qualquer outra rede social) em que só se falava mal de outras pessoas. Sabe o que uma pessoa que quer falar bem faz? Ou ela é engolida pelo sistema ou simplesmente sai do grupo.

Você já percebeu que assim como nos grupos de Whatsapp, tem pessoa ao seu redor que fazem você se sentir mal? Isso tem a ver com a congruência. O que eu falo não só interfere na água do arroz, não só interfere na minha congruência, mas interfere nas pessoas que estão ao meu redor.

Se você olhar agora pra sua vida, é bem possível que você perceba várias situações em que você fala palavras que obrigam você a ter uma congruência. Palavras ou expressões como “dinheiro não traz felicidade”. Dinheiro potencializa tudo o que nós temos dentro da gente, se eu for uma pessoa feliz, ele vai potencializar a minha felicidade!! Entende o ponto? A forma como você enxerga as coisas e como você fala delas tem que ser congruente…

Eu poderia dar muitos outros exemplos de como a palavra pode destruir ou levar você pro próximo patamar, mas você já deve ter entendido o que eu quis dizer. Se isso fez sentido pra você, escreve nos comentários desse post uma palavra poderosa que você acha que é congruente com esse texto. Vou adorar saber se esse post ajudou você 🙂


Olha, acho que você pode gostar desses outros temas…

O segredo para ter uma vida mais saudável e feliz

Por que as pessoas desistem

Empreender ou trabalhar, que caminho seguir?

Será mesmo que feito é melhor do que perfeito?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *