O que é felicidade em 1 minuto

Muita gente tenta desvendar o que é felicidade e essa aqui é a melhor definição de felicidade que eu já vi na vida. Felicidade é o seguinte:  existe uma bolha de realidade, e essa bolha de realidade é a que você vive. Essa bolha é a sua vida atual.

Você também tem uma aspiração… que é aquilo que você quer pra sua vida. Imagine agora, uma bolha central (a bolha da realidade) rodeada por outra bolha maior (a bolha da aspiração).

Todos nós estamos representados por isso. Todos nós temos uma vida e queremos uma outra vida. E Sabe o que acontece? Algumas pessoas tem a bolha da aspiração grande de mais. Aí sabe o que acontece? “Caraca cara, é tão difícil conseguir”, por que a bolha da aspiração está muito distante da bolha da realidade.

E outras pessoas tem a bolha da aspiração muito pertinho da bolha da realidade, aí sabe o que acontece? Perde o tesão pela vida! Então qual é a grande magia?

É você justamente equilibrar essa bolha de aspiração pra que não seja grande o suficiente, ao ponto de estar tão distante que o ímã não atraia e nem perto o suficiente pra vida deixar de ter graça.

“Pô Geronimo, quer dizer então que eu nunca vou achar a felicidade eterna?” Aqui nessa vida não.

Um abraço e vamooooooooo

Você também pode curtir isso…

Como um guardanapo mudou a minha vida!

O perigo do “só dessa vez” e como usar isso a seu favor

Como evitar brigas de forma simples!

Que Medo: Como começar a superar o seu e instalar no seu filho uma mente corajosa

5 Comentários


  1. Geronimo,
    Sobre a felicidade, entendo que se nós quisermos encontra-la buscando algo, seja a bolha grande ou pequena, será impossível. Porque quando depositamos nossa felicidade no “algo” que desejamos, ao tê-lo, nos frustramos. Vamos apenas descobrir que já existe coisas além que se conseguirmos, aí sim, seremos felizes. Ou seja, não para nunca.
    Por isso, felicidade não está no fim, está no caminho. E foi isso que o Grande Mestre, Jesus Cristo nos ensinou no Sermão do Monte, registrado na Bíblia no evangelho de Mateus 5:3-12.
    Continue publicando seus vídeos. Sempre aprendemos algo.
    Grande abraço,
    João Sérgio.

    Responder

  2. Entendo completamente sua explicação usando os círculos mas acredito que isso serve mais para objetivos e metas. Claro, ter um objetivo muito “distante” pode te trazer a sensação de nunca estar chegando mais próximo dele, mesmo que esteja. E isso pode deixar qualquer um triste. No entanto a felicidade é uma escolha. Ninguém é feliz ou infeliz. Você ESTÁ feliz ou infeliz. Portanto, você pode escolher mudar a sua situação a qualquer momento. Somos seres infinitos e aceitar qualquer situação é uma diminuição disso e te limita.

    Responder
  3. JÚNIOR

    Boa noite! Caro Geronimo, estou fazendo exatamente o caminho oposto que você fez(rsrsrs). Você deixou a Advocacia Pública para se dedicar com exclusividade ao empreendedorismo(viver de coaching). Eu fui empresário por 17 anos, nos últimos 5 vivi os piores momentos de minha vida. Eu decidi mudar de vida mas na época não tive o apoio de minha família, resultado, quase entrei em depressão e “quebrei”, fiquei sem nenhum centavo e com um monte de dívidas, aí minha família não teve outra saída, tinha que me apoiar. O fato é que desde janeiro de 2015 estou estudando para concurso e o meu Foco é justamente a Advocacia Pública(cargo=Procurador do Estado), assim, após minha aprovoção pretendo também ser coaching. Abraço Fraterno! Fique com DEUS!!!

    Responder
  4. Eduardo

    Excelente! Muito bom. Concordo plenamente. A felicidade está diretamente atrelada aos seus objetivos, à necessidade de uma meta, de evolução permanente, e que a evolução seja sempre viável, perseguindo uma bolha alcançável, não tão perto, nem tão longe!

    Responder
  5. Hermeson Rodrigues

    Geronimooo,

    Concordo plenamente com o que tu disseste. Porém eu concordo com um ponto de vista mais religioso. Sou espírita e, em ” O Evangelho Segundo o Espiritismo” tem um texto falando exatamente sobre isso. Que a Felicidade Plena não é deste mundo. Não é da Terra. Uma vez que nossas existências aqui são para nossa evolução moral principalmente. A evolução para mim, neste caso mais profissional seria o resultado do sofrimento gerado em ter de gerir essa bolha, administrar isso.
    Obrigado pelo teu trabalho. É transformador! Muita paz!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *