O que fazer quando a sua família não te apoia

Um dia eu estava no aeroporto de congonhas e estava fazendo o Instastories e aí lá tinham duas perguntas pra mim bem parecidas. Uma da Letícia e uma do Caio, as duas no contexto de o que fazer quando a sua família não te apoia.

A Letícia perguntava assim “o que eu faço quando a minha família não me apoia?” E o Caio perguntou “Geronimo, e como eu não me deixo influenciar negativamente pelas pessoas?”.

A gente tem sonhos, você deve ter um sonho, e se não tem tá na hora de parar pra ter hehe eu tenho sonhos, vontades, aspirações, tenho missão de vida que eu quero cumprir. E nessa jornada, algumas pessoas vão querer não me permitir ir adiante.

Eu lembro que quando eu era advogado da União eu queria largar meu emprego público e muita gente dizia que eu estava maluco, que não estava pensando nos meus filhos, que eu não podia fazer isso.

Bom, eu quero que você comece entendendo o seguinte: absolutamente tudo na vida é sobre a nossa batalha interior, tem uma frase incrível que diz “não importa o que a vida fez com você, importa o que você fez do que a vida fez de você”. Se liga na importância disso… eu preciso vencer a minha batalha interior pra poder vencer as batalhas externas, que estão aqui fora.

Pensa assim ó: é como se a gente tivesse um campo de força que protegesse a nossa mentalidade, nosso IDI (Índice de Domínio Interior) e algumas coisas destroem esse campo de força e a negatividade começa a entrar. Quem tem um campo de força poderoso, o pensamento negativo, crítica batem e caem! Ou pelo menos passa só o que importa pra você evoluir.

Nesse ponto, pra você preservar o seu campo de força, tem uma coisa que eu vou falar. Sabe por que as pessoas ao seu redor falam pra você parar, não fazer,  que tá louca, sabe por que elas fazem isso com você? Elas fazem isso por AMOR. Acredite! Essas pessoas te amam, por isso que eles fazem isso.

Sabe por que eles fazem por puro amor? Eles querem manter você seguro. E sabe onde é seguro? Seguro é onde você tá hoje, que onde eles estão. Então eles não querem que você  saia daquela situação pra que você não corra risco e aí quando você começa a olhar pra sua família que não te apoia e fala assim “caraca cara, ninguém me apoia, minha família não me ama, será que minha família não vê que eu tô sofrendo?” pronto… acabou com o campo de força e aí você se destrói.

Mas quando você começa assim “caramba, minha família me ama, olha que bonitinho eles, que massa… eles estão querendo me ajudar a não me dar mal na minha vida, coisa linda” e aí o seu campo de força permanece forte, firme, rígido, saudável porque você aprendeu a lidar com aquilo.

Não se trata de fazer as pessoas mudarem quem elas são, se trata de fazer você mudar a você mesmo. Primeiro passo é: entenda que ninguém tende a fazer isso por raiva, tende a fazer isso por amor, por que querem que você permaneça.

Agora tem outro elemento… algumas pessoas nessa jornada não vão fazer isso só por amor, vão fazer porque o seu sucesso, vai expor a fragilidade e a inércia dela. Se você tiver sucesso, você vai expor todas as fraquezas, toda inércia que a outra pessoa teve.

E agora a pergunta do Caio… que também vai ajudar na pergunta da Letícia. “Geronimo, e como eu não me deixo influenciar negativamente pelas pessoas?”. Caio, parceiro, a pergunta que a gente tem que se fazer é: como que eu posso me influenciar positivamente pelas pessoas?

Uma coisa é fato, as pessoas vão sim influenciar você, o meio que você anda vai dizer muito sobre você. Se pergunta assim Caio… com quem você tem que andar pra se influenciar positivamente? Você tem que andar com pessoas que, ou querem a mesma coisa que você, ou que já tiveram aquilo que você quer pra você se influenciar por ela.

A gente quando faz um processo seletivo aqui pra Full, mais do que conhecimento técnico da área, a gente busca pessoas que tenham a mesma vibe, acreditam na mesma coisa que a gente, que querem fazer a diferença no mundo, que querem impactar a vida das pessoas na jornada. Então elas, vão ajudar na influência positiva de quem entrar aqui na Full.

E ai volta lá na pergunta da Letícia: e quando está dentro de casa? Tudo bem… olha para aquelas pessoas e entenda que elas te amam, mas não são elas que vão fornecer o suporte pra você fazer a “loucura” que você quer fazer pra sua vida. Quem que vai ajudar você? O grupo que você buscar que já faz o que você quer fazer ou que já conseguiu o que você quer ou que quer a mesma vibe que você.

Eu tenho um treinamento, por exemplo, que é o Academia da Produtividade que tem uma comunidade secreta dentro do treinamento. Quem está lá dentro, querem a mesma coisa, então elas estão falando a mesma língua, tão aprendendo a mesma técnica, aprendendo que tarefa fazer no dia, então elas podem trocar porque estão na mesma vibe!

Se elas levam pra dentro de casa aquilo, possivelmente podem escutar algo do tipo “ah, você é maluco, não quero fazer isso não, já tenho coisa de mais pra fazer”. Entende? Você tem que andar perto das pessoas que querem aquilo que você quer pra sua vida!!!

Se fez sentido, deixa seu comentário aí embaixo ou então a sua dúvida, quem sabe eu respondo ela em algum conteúdo meu!!!

E mais que você possa curtir… quero falar contigo sobre 4 técnicas reais para você aumentar sua produtividade ainda hoje, quando eu chegar na última técnica, você pode terminar este artigo, aplicar na sua vida e já ser mais produtivo!

6 Comentários

  1. Joemil

    olhando a primeira pergunta, entendi a resposta. mas qdo vc chega atrasado no servico, nao consegue entregar projetos no prazo, as vezes precisa fazer umas horinhas extras pra resolver problemas, e as pessoas a sua volta nao te ajudam? qdo vc pede: preciso sair as 7.20 se nao vou me atrasar, mas vc sempre sai 7.25, 7.30, 7.40? e qdo vc fala: preciso poupar primeiro, pra depois fazer isso ou aquilo, mas as pessoas nao te ajudam e te falam q ta sendo “mesquinho”? isso e outras coisas mais.
    parabens pelo conteudo.

    Responder
  2. Suely Cassia P. C. Barbosa

    Geronimro assistir seu video com a Nath. Adorei te conhecer estou agora acompanhado os seus videos e suas dicas. Gratidão

    Responder
  3. Argeu Soares dos Ssantos

    Faz sentido, sim. E não é só familiares os amigos também, e tu tens razão, não é por maldade, é por desconhecerem aquilo que pretendes fazer e pensam que é uma furada e querem te proteger. Futricam tanto que tu acaba desistindo. Daí vem a cantilena. Viu só, não te falei. Eu sabia que não ia dar certo. E agora o que tu vais fazer? Já aconteceu comigo várias vezes e recomeço sempre. Incrível como isto influencia. Se a gente não tem muita certeza, nas primeira dificuldades, que são inerentes a todos os começos, realmente bate um desespero. Ai a desistência.

    Responder
  4. Fagner

    Bom dia/Boa tarde/Boa noite, Geronimo Theml.
    Conheci o senhor pelo canal da Nath,(me poupe) e, logo foi assistir outros vídeos. Posso dizer que, é um dos melhores canais. Hoje faço questão em segui-lo e indica-lo aos meus amigos/conhecidos/familiares.
    Nota 10!!!
    Obrigado pelas dicas, ajuda!!!

    Responder
  5. Aline

    Simplesmente foi a resposta que eu recebi após pedir em orações sobre como seguir o meu propósito!!!

    Responder
  6. Iara Aparecida

    Geronimo também tenho uma dificuldade que queria expor. As vezes, me deixo levar pelos sentimentos daí não consigo ver as metas com objetividade. . . Como trabalhar isso?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *