6 técnicas para acabar com a preguiça ainda hoje

Ahhhhhh então vamos lá… Eu quero falar contigo sobre como acabar com a preguiça. Vou ensinar pra você 6 técnicas concretas pra acabar com a preguiça e vou provar que não existe gente preguiçosa :O

Não sei se já aconteceu com você uma situação de determinar, cara vou estudar, e quando chega na hora de estudar tem aquela série da netflix… Vai vendo a série, e de repente já passou o tempo e você não estudou, ou vai dar uma corridinha e acorda e tá meio frio…E aí você fica em casa e não vai. 

Eu to de férias na Florida com minha família, e hoje dentro de casa tá quente, mas amanheceu 2º. Imagina sair da cama debaixo das cobertinhas com 2º!!! Vai dando aquela preguiçinha, acaba que você não estuda, não faz aquela atividade física que tinha se determinado, no trabalho acaba se dispersando com as rede sociais e quando vê não rendeu o que tinha que render… assim as coisas vão passando e a gente acaba sendo intitulado de preguiçoso.

Então deixa eu explicar quais são as técnicas pra você começar a parar de procrastinar, de fazer uma coisa ao invés de fazer aquilo que deveria estar sendo feito.

A primeira técnica é a seguinte: faça o certo ficar fácil e o errado ficar difícil. A gente tem uma tendência natural a transformar a nossa vida em algo mais difícil do que ela já é. Já é difícil fazer atividade física ao invés de assistir a série na netflix, comer certo ao invés de comer errado, estudar ao invés de ficar na rede social… Vou dar um exemplo pra você:

Quero fazer dieta, e vou no mercado e compro um monte de coisa que não é boa pra comer. Tem no meu armário biscoito, chocolate, barrinha de cereal tudo o que não é saudável, o que no dia a dia dificulta a saúde e o emagrecimento. Deu fome à noite… você vai pegar um pé de alface, lavar, preparar a saladinha ou vai pegar o que tá mais fácil?

Entende o ponto? Transforma o certo em fácil e o errado em difícil. Minha geladeira tá cheia de salada pronta (aqui nos Estados Unidos é comum, no Brasil esse tipo de produto ainda tá chegando), então se me der fome à noite abro um saco jogo ali dentro boto um azeite e já tá pronto, facilitei o que antes era difícil, que é comer mais saudável.

Vamos pra técnica dois: tome decisões que você só precise tomar uma vez. Seguinte… eu amo tomar café, e de vez em quando vem um pedacinho de brownie ou de chocolate que eu realmente não como do lado da xícara de café. O que vai acontecer na prática? Eu vou ficar olhando pro chocolate e de tempos em tempos vou ficar me perguntando se como ou não. Enquanto ele tiver ali vou me perguntar se como ou não como.

Tem estudos científicos que mostram que temos um banco de decisões pra tomar por dia, e quanto mais decisões eu tomo piores elas vão ficando ao longo dele. Então ao invés de eu tomar 4, 5 decisões de que eu não vou comer o raio do quadradinho de brownie eu vou lá e esmago ele, ou jogo na lixeira, ou dou pra uma pessoa comer… aliás, eu posso pedir pra que o brownie nem venha acompanhando o meu café 🙂 Tomo a decisão uma única vez e tá resolvida a parada.

Terceira técnica: nosso cérebro produz vários neurotransmissores, e eles dão bem estar e vontade de fazer mais. Só pra você ter uma ideia, ratos com pouca dopamina procuram a comida mais fácil (pior e menor) e ratos com muita dopamina procuram comida mais longe pra ter direito a uma comida maior e melhor. Às vezes a pessoa é taxada de preguiçosa porque ela não tem tanta dopamina e aí ela vai no mais fácil!

Uma forma incrível de aumentar a dopamina é dividir o que você tem que fazer em pequenas tarefas e ao dividir você celebra cada pequena vitória. Por exemplo… eu quero acordar às 6h pra aprender uma nova língua e normalmente acordo às 7h mas tá difícil levantar uma hora mais cedo… tudo bem… acorde 10 minutos antes e celebre, já é uma pequena vitória!!!

Isso gera dopamina no seu corpo e você vai ter vontade de sentir mais daquilo, e no dia seguinte ou você acorda 10 minutos mais cedo ou você acorda 20 minutos e comemora!!!!

Quarta técnica: às vezes o problema não tá no tamanho do que você quer realizar e sim na falta da motivação adequada pra você realizar aquilo. Em geral, as pessoas agem em busca de um prazer ou para evitar uma dor que não querem ter… só que às vezes não se tem clareza de qual é a dor que será evitada ou qual o prazer que a pessoa terá se fizer aquilo. Quando a gente acha o motivo certo aí sim começa a andar.

Pensa assim: pra que que eu to acordando mais cedo amanhã? Pra que que eu vou correr? Pra que que eu vou me alimentar melhor? Se esse seu “pra que” não tá tendo força magnética suficiente pra fazer você agir, muda ele… aconteceu comigo: por muito tempo ficar mais magro ou ficar melhor fisicamente não me motivava a me alimentar melhor, mas viver mais tempo pra que os meus filhos não tenham que viver sem um pai presente porque eu adoeci e não me cuidei, aí foi a força suficiente.

Quinta técnica pra você botar em prática ainda hoje e acabar com a preguiça. Aqui eu tenho que falar que não existe gente preguiçosa! Você pode chegar pra mim e dizer que conhece 18 nomes de gente preguiçosa, mas o que acontece é que as pessoas botam a energia delas no foco errado.

Vou dar um exemplo que provavelmente você vai concordar comigo. É o seguinte… eu, Geronimo, não consigo assistir vídeos longos no netflix. Tenho preguiça de assistir uma série de 46 minutos, procuro séries de 20 minutos que é o máximo que eu consigo assistir e ficar focado. Eu sou um preguiçoso? Não! Só não tenho energia pra fazer isso. Pra muita gente acontece o contrário e não consegue largar o netflix pra ir estudar, não consegue ficar lendo por uma hora e sim por 10 minutos mas uma série de 2 horas consegue assistir. Por um arranjo mental muita gente tem disposição pra ver netflix e não o contrário, a energia é canalizada para aquilo.

Não existe gente preguiçosa, existe gente que canaliza a energia pra ações que não levam na direção do que se quer na vida. E aí nesse caso a quinta técnica é transformar o seu “objeto da preguiça” em um prêmio. Junta essa técnica com aquela em que eu falo de celebrar suas vitórias e se presenteie! “Se hoje eu conseguir estudar 2h, eu vou ver mais 2h de netflix hoje à noite”.

A sexta técnica é o seguinte… nada disso adianta se você não bater no peito e assumir que nós criamos a nossa própria vida. Ninguém é culpado por eu não estudar, por eu estar fora de forma ou não tendo uma saúde boa. Quando eu digo que sou eu que faço isso com a minha vida é o momento que as coisas começam a acontecer.

Lá no WA, um evento de 2 dias comigo, é justamente isso que eu trabalho com você… o poder de ser você mesmo para ter a vida que verdadeiramente você deseja e merece ter.. pra saber mais sobre o evento, é só clicar aqui 🙂

E se liga.. tem muita gente que não realiza o que quer pra própria vida, que é “preguiçosa” porque culpa terceiros (a vida, os acontecimentos, o governo) seja lá quem for por não ter o que quer. Não estou dizendo que é o seu caso, mas é o de muita gente!

Se você tiver alguma dúvida ou alguma sugestão de tema… deixa aí nos comentários, vai que eu respondo. Vou adorar ler o que você escrever aqui pra mim 🙂

Você também pode curtir isso…

Como gerar uma melhora imediata na sua vida

6 coisas que você deveria para de fazer hoje

A mentira da liberdade: você pode estar caindo nela e nem sabe!

Como realizar aquilo que você planejou e meu primeiro jejum de 24 horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *