41 Comentários


  1. Querido Gerônimo,
    Estou acompanhando de perto tuas dicas de produtividade e essa de ser mono tarefa é muito importante. O Foco faz a gente produzir mais.
    Mas nós (quarentões 😉 crescemos ouvindo que quem faz muitas cosias ao mesmo tempo é que era eficiente e que esse era um modelo a ser seguindo.
    Minha última experiência sobre ser mono tarefa, foi um dia tomando café em casa e atrasado naquele dia, já estava comendo um sanduíche e resolvi fazer outro para comer no meio da manhã. Quando comecei a fazer o segundo sanduíche, me dei conta que eu parava de mastigar o primeiro. Com a boca cheia do primeiro sanduíche, eu parava de mastigar pra poder passar manteiga no sanduíche que estava no prato.
    Coisa louca, não!
    Abraço, Gérson.

    Responder

  2. Nossa você disse tudo neste artigo. Eu tenho essa mania de querer fazer tudo ao mesmo tempo, inconscientemente já estava observando isso em mim, mas nada de mudanças, o certo mesmo é estar presente em cada momento um de cada vez.
    Gratidão, foi muito relevante esse artigo.

    Responder
  3. Bruno

    Vc está correto, Geronimo! Me achava muito envaidecido quando as pessoas falavam: “Nossa Bruno, como vc consegue fazer tantas coisas ao mesmo tempo!” ou “Vc é muito ocupado!”.
    O mais engraçado é que associamos a idéia de multi-tarefas e ocupação à importância, a uma pessoa bem-sucedida, o que pelo visto nem sempre é verdade.
    Digo isso porque as pessoas que estão nessa situação com certeza não estão satisfeitas e procuram caminhos para felicidade através da busca de soluções como esta que vc para ser mais produtivo e eficiente.
    Mais do que isso, serviu para me mostrar o quanto acumulei tarefas porque absorvi tantas atividades que, sendo humanamente possível dar cabo de todas, se acumularam, acumularam e me afogaram, causando desmotivação, sensação de incapacidade de executá-las.
    Assim, vários projetos ficaram pelo caminho visto que as multi-tarefas ficaram pelo caminho, muitas delas – senão quase todas elas – ficaram na minha “caixinha” de coisas que comecei e não terminei por falta de fôlego perdido pela falta de foco em iniciar uma atividase e não conclui-la pq tinha começado ao mesmo tempo outra.
    É um desafio muito grande desarmar o nosso cérebro e reprogramá-lo, mas esta é a saída!
    Dar um “reload” e mostrar o eu quero fazer e não deixá-lo no piloto automático para que ele faça o que quer.
    Obrigado pelo artigo. Ele me ajudou muito.
    Você diz: “Vamoooo!!!” E eu digo: “Lá vou euuuuuu, Geronimo!!!”.
    Tenha um excelente dia.

    Responder
  4. Thais Oliveira

    Boa tarde Geronimo!

    Cara… incrível esse artigo! Tudo a ver comigo! Também acreditava que era mais produtiva fazendo muitas coisas ao mesmo tempo!!! :/
    Seus vídeos e artigos tem me feito refletir sobre várias áreas da minha vida e, como no momento não tenho condições financeiras de investir num coach, vou me virando com suas dicas e me conhecendo um pouco mais a cada dia!
    Obrigada!

    Abraços,

    Thais

    Responder
    1. Juliano Azevedo dos Santos

      Cara, muito obrigado por me ajudar. Estava realmente achando que ser produtivo era fazer várias coisas ao mesmo tempo. Vou seguir seu conselho e ser uma pessoa mono-tarefa.

      Responder

    2. Puts, vc me redigiu?

      Adorei seu artigo, e confesso que tinha o pensamento de ser assim, mais eficiente. Na verdade no momento em que vi o seu post em meu email, estava agindo como multi tarefas….hahaha… e em meio a várias abas e processos resolvi ler seu artigo. o que está me fazendo refletir e repensar meu modo de agir nesse momento.

      Por isso Obrigada!

      Responder

    3. Geronimo parabéns é um ótimo artigo ,
      desculpa meu portunhol!
      Eu estou começando minha empresa e esto real mente descreve-o o grande erro que eu tenho obrigado.

      ATT. CAMILO GARZÓN

      Responder
  5. Lucia Coutinho

    Nossa!!! Eu sou assim … multi-tarefa!! E o pior… sim, o pior!!! Eu tenho consciência disso e sei o quanto isso atrapalha!!! Mas como é difícil mudar isso!! Espero que com essas matérias que farei leitura, possa encontrar os pontos chaves para conseguir atingir meu objetivo: ser mono-tarefa.
    Obrigada por compartilhar seus conhecimentos.

    Responder
  6. Rogério

    Ótimas dicas.
    Eu sou assim, várias abas ao mesmo tempo, e chega um momento que acabo me atrapalhando todo.
    Hora de mudar.
    Obrigado.

    Responder
  7. FERNANDO BONIN

    Sou o cara! Faço diversas coisas ao mesmo tempo, realmente sou o máximo!
    Mas quando penso nos resultados, percebo que deixo a desejar.
    Estou em busca da produtividade A. Bora lá…
    Valeu Geronimo
    Abç

    Responder
  8. Eliz

    Vc está me fazendo refletir muito! Eu aqui me achando o máximo com a quantidade de coisas que vou “executando” (só que não, rs), e com essa brecada nas ideias, com essa leitura, verifico intimamente que o fato é esse mesmo que vc mencionou, o resultado nem sempre é lá grandes coisas, algumas coisas pelo caminho ou executadas com baixo padrão… Porque as vezes coisas tão óbvias demoramos a enxergar ou nos negamos… ou simplesmente esperamos alguém que venha e te dê uns safanões e diga “chega, tá cega, tá mané?” para se cair na real, hahaha. Obrigada pelos artigos grátis que tem aqui no seu espaço, são curtos porém muito proveitosos. Saúde!!

    Responder
  9. joilson

    Muito bom, mais precisava de algo mais e encontrei aqui, sempre que posso tiro temo p tá organizando meu tempo. Mais tenho que confessa, algumas coisas mim atrapalhava mesmo eu pensando que tava organizado meu tempo. tó muito interessado no que to aprendendo aqui, quero passar pro meu filho de 14, anos um sobraço você tá de parabéns.

    Responder
  10. edeson

    fez pensar na qualidade do meu dia a dia. sou produtivo ou me faço parecer ser produtivo?

    Responder
  11. WILKSON

    Grande Gerônimo, excelente teu artigo,já vi alguns materiais teus e gostei muito,desde que comecei a fazer o curso do Érico Rocha,o Fórmula, vi que vc é um grande vencedor e tem um alto astral hiper positivo. Mas infelizmente não dei sequência neste curso fabuloso. E te digo que este artigo caiu como uma luva pra mim,e estou fazendo exatamente isto que disse, e a produtividade realmente vai lá em baixo, vou seguir teus conselhos,pode acreditar, e será a partir de agora. Assinei tua lista vip pra continuar recebendo tuas sacadas.
    Um grande abraço e sucesso sempre.

    Responder
  12. Rita

    Você foi uma benção, enviada por uma amiga! Agradeço a Deus sempre a oportunidade de aprender
    Este artigo sou EU descrita. Vou me tornar mono tarefa ou pelo menos me dedicar a ser hahahah
    Obrigada por seu trabalho.

    Responder
  13. Jakson

    Sou multi-tarefas. Estava suspeitando disso. Agora com fatos e dados, tá comprovado. Tá na hora de mudar. Mas tem sido muito difícil, viu? Sou ex-bancário e acostumado a fazer várias coisas ao mesmo tempo. E desde a faculdade meu ritmo foi aumentando. Já estou indo ler as técnicas que você utilizou. Vamos lá!

    Responder
  14. Daniel

    Olá, Gerônimo!

    Minha esposa me apresentou seu artigo, por saber que eu tenho arraigado esse hábito do “multitarefismo”. Apesar da insistência dela eu demorei para lê-lo. Hoje o fiz e senti como uma imersão, uma vivência na experiência concreta. Tenho aqui um bocado de janelas abertas, estou há uma hora no trabalho e repito exatamente o que descreveu. Isso apesar de saber a importância da concentração cognitiva para o desenvolvimento de qualquer tarefa. Mas às vezes, não colocamos em prática o que conhecemos, aprendemos. Então, a partir de hoje, lendo seu artigo, vou me “exercitar” para me reconhecer (já que somos de fato) mono-tarefa e tentar colocar em prática. Futuramente conto o resultado. Por hora, só agradecimentos pelas palavras inspiradoras. Grande Abraço (e claro, para minha esposa maravilhosa que me levou até seu artigo).

    Responder
  15. Cleb Anderson

    Essa leitura na qual me disponibilize a ler em determinado curto tempo me fez lembrar os colaboradores da empresa que eu trabalho atualmente, por incrível que parece eu sou essa pessoa várias situações mas sempre procurando resolver porém os colaboradores falam bem isso uma tarefa por vez, agora de hoje em diante por ter lido esse artigo serei mono tarefa chega de tanta pressão sem muita solução!
    Ps: eu trabalho no varejo sou gerente no estabelecimento e procuro dar meu melhor mas espero não cair a qualidade!

    Abraços e valeu a dica.
    C. Ander

    Responder

  16. Parabéns!
    Incrível o artigo.
    Além de ser direto é exemplificativo.
    Sou um multi-tarefas também é sempre pensei que era um diferencial, uma qualidade. Porém refletindo o seu artigo, pude perceber o quão enganado estou.
    Agradeço as dicas e passarei a me policiar para entrar no modo mono.
    Forte abraço.

    Responder

  17. hehe, é verdade! tenho que esforçar para tentar fazer mais mono-tarefas, as vezes a pressa que eu mesmo crio (muitas das vezes, desnecessárias) me impede de fazer isso.

    Responder
  18. Conceição Ribeiro

    Meu Deus! Sempre achei que era o melhor fazer várias atividades ao mesmo tempo.
    Essa descoberta vai alavancar muito a minha vida.
    Obrigada Gerônimo.

    Responder
  19. Fabio

    E aí, Gerônimo!

    Tudo bem?

    Me identifiquei com esse artigo porque tenho agido exatamente assim…

    Faço “tantas coisas” ao mesmo tempo que sinto que gasto tanta energia e não vejo muita eficiência na minha produtividade.

    Uma das dificuldades é focar, se concentrar em uma coisa só. Quando se faz várias tarefas você precisa ficar gastando energia monitorando tudo e é aí que percebo o cansaço e a falta de sentimento de satisfação.

    Estou tentando melhorar isso nos meus estudos.

    Valeu!!!

    Responder
  20. Ariesley

    Simplismente,eu!Pior, a gente acreditando ser mais esperto por isso.Obrigada, vou começar a corrigir isso, pois acho q sou multipolitarefa.Daí o cansaço extremo e stress ,taí .Faz todo o sentido mesmo!Valeu!

    Responder
  21. Daniel Gurgel

    Já achei sensacional ter conhecido sua forma de pensar e mostrar a realidade, principalmente no que diz respeito ao nosso sonho de realização. O meu é passar num concurso da área fiscal, especialmente o da Receita Federal. TE assiti na semana da RFB do Estratégia Concursos. Maravilhosa a palestra! Abraço e sucesso!

    Responder
  22. Rafael

    HAHAHA valeu a pena porque eu sou um multi – tarefa ! Sempre pensei que eu era eficaz kkkkkk
    vlw

    Responder
  23. Leila

    Adoro suas matérias pq aclaram minhas idéias e minha forma de agir. Sempre fui uma pessoa de fazer as tarefas do início ao fim,uma de cd vez, sempre pensei ser pouco produtiva mas lendo essa matéria me animei . Obrigada por dividir seus conhecimentos.

    Responder
  24. Giovani Antunes de Lima

    Não gostei do artigo, sinceramente… achei que era “o cara” fazendo um monte de coisas ao mesmo tempo e vem ai você, me dizendo o contrário, e o pior, me convencendo do contrário rsrsrsr

    Show de bola, vai levar um tempo até me adaptar, mas percebo que terei grandes resultados.

    Responder
  25. Alirio Bilésimo

    Boa tarde Geronimo, obrigado pela dica. O chicote pegou agora, eu sou um desses mlti tarefas e pouca produção.

    Responder

  26. Incrível este texto!

    Pois sambem sou assim! Mas me sinto que corri corri e não sai do lugar!

    Vou agora aprender como mudar isso e me tornar mono-tarefa!

    Obrigada!

    Renata Mendes

    Responder
  27. Héllfly Oliveira

    Realmente, tendemos querer absorver tudo, sermos os “solucionadores”, os top’s das galáxias. Interessante quando reconhecemos nossas limitações, e podemos ter a possibilidade de reprogramar nossas ações. Percepção muito boa a sua.
    Forte abraço

    Héllfly Oliveira

    Responder
  28. Joelso Luiz

    Incrível esse texto, até pouco tempo atrás também pensava que ser multi-tarefas era o ideal, porém quando entendi que nosso cérebro, processa uma tarefa por vez, comecei a ser mono-tarefa e de forma mágica comecei a produzir mais e principalmente a minha quantidade de erros e retrabalho diminui muito também. Obrigado e forte abraço Geronimo.

    Responder
  29. Antonio

    Outro problema que tende a se relacionar com a pessoa multitarefa é o fato dela se dispor a fazer tudo o que lhe pedem. Tal fato gera uma demanda muito grande de trabalho, uma vez que todos sabem que ela assumirá a responsabilidade pelas necessidades que vão surgindo ao longo do dia.

    Responder
  30. Virma

    Minha grande realidade! Preciso muito como você aprender a ser mono-tarefa porque acredito que estou um tanto enrolada no meu dia-a -dia com meus estudos e todos os cursos que quero muito aprender,como uma grande buscadora de conhecimento!

    Responder
  31. Thomaz

    Realmente nos últimos tempos no trabalho eu tenho feito as mesmas coisas e com essa mudança de foco eu sempre entrego minhas obrigações no prazo, o que era raro antigamente. Mesmo que dependendo de informações de outras pessoas, hoje eu consigo produzir e ter mais tempo para estudar, priorizar o que é importante.

    Responder
  32. Nayara Coelho Cavalcante

    Agora sim descobrir pq eu sempre aprendo as coisas pela metade. Manias feias levam a resultados péssimos. Valeu muito pela dica, espero melhorar e poder ter um crescimento grande suficiente. Obrigada!!!

    Responder

  33. Jane

    Olá Geronimo!
    Eu sempre procurei realizar uma tarefa e ao finalizar iniciar as outras, pois as pessoas sempre diziam pra mim: Ela não consegui fazer duas coisas ao mesmo tempo! Me sentia uma lerda, mas agora lendo isso, fiquei Feliz!!!!
    Grande abraço!!!

    Responder

  34. Uau, esse foi certeiro para mim! Sempre fui e ainda sou multitarefa e ainda mais depois que tirei licença para ficar em casa com filho pequeno, dar o 1º passo no empreendedorismo, cuidar da casa e ainda concluir a faculdade q ficou parada durante a gestação e o ano após o nascimento do baby! Pois eh, nessa bagunça toda estou tentando me reencontrar como profissional, mulher, e readequado minha rotina. Confesso que estou muito feliz por poder ficar em casa e fazer coisas que não conseguiria se tivesse que sair para trabalhar, em compensação o lado profissional, a nova carreira ainda não ter alavancado me deixa triste e decepcionada é mais ansiosa. Estou terminando o livro produtividade para quem quer ter mais tempo e já colocando em prática as dicas!!! E só tenho a agradecer por tudo que tenho aprendido até agora.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.