6 Dicas simples para emagrecer

Quero dividir contigo 6 dicas simples que vão ajudar você a emagrecer. 

Se tem algo que eu faço hoje é estudar evidência científica. Existe hoje o que eu chamo de ciência da realização. 

O que é a ciência da realização?

Fazer ou não fazer algo é uma habilidade. Vencer de você próprio é uma habilidade e toda habilidade é treinável. Só que você precisa treinar isso de forma técnica. 

Bora pras dicas!

Dica #1 – Anote tudo que você come

Tem um experimento que dividiu pessoas em 2 grupos. Eram grupos de pessoas que queriam emagrecer. Um dos grupos recebeu a tarefa de anotar tudo que comiam. Já o outro grupo não recebeu essa tarefa, eles não precisavam anotar.

O grupo que precisava anotar emagreceu substancialmente mais só por anotar o que comia. 

Quando eu comecei a anotar o que eu comia, eu me surpreendi inclusive com quanto eu gastava em dinheiro com água e café.

Ao anotar o que você come você toma consciência do que você está comendo, não fica no imaginário: “poxa, mas, eu não como nada e estou engordando”.

Eu uso um aplicativo pra anotar todas as coisas que eu como e também o meu peso: MyFitnessPal.

O legal desse aplicativo é que ele te mostra o quanto de caloria você consumiu no dia.

Você pode anotar no bloco de notas do celular ou num caderninho, o importante é não anotar e deixar na gaveta. É anotar e rever as anotações pra entender o que você anda comendo e até quanto anda gastando com o que você consome de alimentos no seu dia a dia.

Dica #2 Não chegue no mercado com fome

Coma antes de ir no mercado. Se você for com fome você vai achar tudo bonito, tudo gostoso e vai acabar comprando muito mais do que deveria levar pra casa.

Dica #3 Decida uma única vez

Uma vez eu estava tomando um cafezinho e chegou pra mim um biscoito.

Eu perguntei pra minha amiga, que estava comigo, você come biscoito? Ela disse que não. Então eu peguei o biscoito, coloquei num guardanapo, enchi de sal e botei pimenta. (haha)

Ela perguntou: você vai comer isso?

Foi justamente pra eu não comer o biscoito que eu fiz aquilo.

Se eu deixo ele ali, eu vou ficar olhando pra ele o tempo todo e vou ter que ficar decidindo o tempo todo que eu não vou comer. E a parada é que a ciência mostra que ao fazer isso a gente também gasta o nosso banco de decisões, a nossa força de vontade.

Se você não quer estragar o biscoito ou qualquer coisa que seja, é só pedir pra levar de volta. Dói na alma, mas decida uma vez e pronto.

No mercado, vá sem fome e não compre o que você não quer comer (que você sabe que engorda). Decida uma única vez que você não vai  comprar o que você não deve comer.

Dica extra – Faça o errado ficar difícil e o certo ficar fácil

Se você compra uma barra de chocolate e deixa em casa, você acaba deixando o errado ficar fácil.

Se você comprar uma lata de leite consensado, por exemplo, a lata vai tá dentro da sua casa te tentando o dia inteiro.

Faça o certo ficar fácil comprando coisas saudáveis pra levar pra casa ou pro trabalho.

Dica #4 –  Estabeleça seu “If”, “then”

Essa dica aumenta suas chances em 3 vezes de alcançar o que quer, de acordo com um estudo científico.

If, then, significa: Se, então.

Se eu fizer tal coisa, então eu faço tal coisa.

Eu estabeleci com o Victor Damásio, meu cliente em Coaching e amigo, no processo de emagrecimento dele que quando ele saísse com os amigos pra comer então ele antes de sair, vai comer um omelete em casa. 

Foi estabelecido: se eu sair com os amigos pra comer, então eu vou, antes, comer um omelete em casa.

Outros exemplos:

Se eu sair com os amigos pra comer então eu como no máximo 10 unidades de X.

Se eu sair pra comer hambúrguer depois do futebol, então, eu vou comer o hambúrguer sem pão.

Deixar pra decidir isso na hora torna tudo muito difícil. Quando o “if” “then” é estabelecido vira regra e facilita muito. 

Imagine uma pessoa que está em processo de emagrecimento e vai fazer uma viagem. Como vai ficar a dieta durante a viagem?

Se a pessoa estabelece seu “If, then”, ela pode aproveitar a gastronomia local, sua viagem, sem sair da sua dieta 😉

Com o cliente em Coaching eu pergunto: você quer voltar da viagem com o mesmo peso, mais magro ou mais pesado?

Alguns falam “com o mesmo peso”. Isso é incrível, um baita desafio.

Depois de estabelecido isso, de ter essa clareza, aí a gente estabelece o “If, then”.

Dica #5 – Coma devagar

Alguns especialistas concluíram que nosso cérebro demora um tempo pra registrar a saciedade. Demora em torno de 20 minutos.

Pessoas que comem muito rápido acabam comendo mais e engordam mais. Às vezes você está com o estômago cheio e ainda está comendo. 

Comer devagar, mastigar bastante, demorar a comer te dá mais tempo pra se saciar.  

Dica #6 – Diminua seu nível de cortisol

Um estudo publicado na CNN demonstrou que elevados níveis de cortisol (hormônio do estresse), por muito tempo, tem impacto negativo na gente.

Se a gente não tiver uma boa relação com nosso nível de estresse, o estresse gera um impacto negativo. 

Além disso, altos níveis de cortisol dão mais vontade na gente de comer gordura e açúcar.

Como resolver isso? Simples!

A ciência indica a respiração consciente. Meditar.

Respira 3 vezes. Ao respirar 3 vezes você gera uma reação química que já tem uma desaceleração imediata do nível de estresse.

Curtiu as dicas? Comenta aí embaixo qual dica você mais gostou e vai colocar em prática!

1 comentário

  1. Eudirê de Santana

    Olá Jerónimo. Cara preciso me aproximar de pessoas pra cima. Estou cercado de pessoas negativas e acomodadas. Estou empreendendo e queria saber se vc tem um grupo de watssap nesse sentido. Não de vídeos e bom dia, motive-se. Falo de produtividade, contato com gente boa para aumentar meu nível, quero ser o pior dos melhores para ir pra cima!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *